O direito ao esquecimento e a decisão do Supremo Tribunal Federal na tese de repercussão geral nº 786

Maria de Fátima Freire de Sá, Bruno Torquato de Oliveira Naves

Resumo


O fundamento do direito ao esquecimento encontra-se na privacidade, que inclui o segredo da vida privada. No entanto, sabe-se que a liberdade de imprensa e a livre circulação da informação poderão prevalecer frente a esses direitos e interesses, a depender do caso concreto. Buscou-se analisar criticamente a decisão do Supremo Tribunal Federal no caso Aída Curi, RE 1.010.606, que fixou entendimento de que o direito ao esquecimento não é compatível com o sistema constitucional brasileiro.


Palavras-chave


Direito ao esquecimento. Liberdade de imprensa. Direitos da personalidade. Privacidade. Direitos fundamentais. Supremo Tribunal Federal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos. ( https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/


Indexada em | Indexed by: